Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

Perceber e Observar

"Aquela lanchonete sempre esteve ali?"
Alguma vez aconteceu algo parecido com você? Em seu caminho diário, de repente, apareceu um estabelecimento que você jurava que não existia. Num ambiente comum, tem algo que você nunca observou, ou mesmo na pessoa que convive com você diariamente, uma característica que você nunca tinha notado.

O poder de percepção e observação é diferente em cada um de nós, parece óbvio, só que nem tanto assim, basta contar uma história e perceberemos como ela se propaga, as pessoas que a replicarão podem até jurar que estão contando a mesma história, raramente será.

As pessoas, as circunstâncias, os caminhos, as características, o horizonte, contar uma história exige muita percepção do todo e observação dos detalhes. Aquele livro imenso e no fim você tem a sensação de que poderia ter finalizado muitas páginas antes, ou aquele que terminou rápido demais, são no mínimo falhas de percepção de quem escreveu.

Um bom escritor precisa ser um bom observador,…

IMPRESSÃO SOBERBA

A mentira é uma conversa cheia de falsidades, quem não mente? Quem nunca mentiu? Alguém vive em meio de tantas mentiras que passa a ter uma IMPRESSÃO SOBERBA de que as mentiras são verdades. A repetição da mentira cria o senso de realidade vivida como se aquilo realmente tivesse acontecido, só lembrando, tudo não passa de uma impressão, ou seja, é uma grande mentira contada diariamente.  A vida nos força a mentir quando precisamos nos livrar de uma enrascada, bem ou mal, assumir os resultados da verdade nem sempre é fácil(falar é sempre mais fácil), a diferença é que a verdade traz liberdade, juízo, consciência... a mentira, essa nos dá apenas impressão de tudo isso.

Compreensão, essa é a palavra

O que compreender quando se quer viver.
Viver agora, hoje.
Compreender que a oportunidade de hoje fará o futuro, e que o futuro é lá na frente ou só um pouco depois, não importa, é futuro, é incerto, é desconhecido, é desafio.
Compreender o passado, doce ou amargo, deixou lições e formou experiências.
Compreensão, essa é a palavra que nos ajuda a demitir a ilusão e viver a razão.

Vamos demitir a ILUSÃO

O que é a razão? É a capacidade de raciocinar, entender, compreender o que se passa ao seu redor, interpretar o mundo.  Quem tem razão? Isso já é outra questão. Eu tentei compreender a razão, eu tentei ter razão, eu tentei abrir mão da razão pela emoção, eu tentei não dar razão, eu não consigo... ainda assim, tudo o que sobra é a razão. Assim, que a razão seja o meu guia nesse mar de escombros e estilhaços. Navegarei por ele com toda a razão de que a ilha dos coqueiros encantados está logo ali. Qual o encanto? Demitir a ilusão.